Atenção! Perda ou falta do Cartão de Cidadão dá multa! E não é pequena!

Grande parte das pessoas não sabe disto, nem sequer se questionou sobre este assunto,mas é importante que tenhas conhecimento.
Um consumidor questionou a DECO, se pode ser multado por conduzir com o cartão de cidadão fora da validade e se, ao renovar, pagará multa e se precisará de testemunhas.
A associação de defesa do consumidor esclarece que “o Código da Estrada apenas estipula que o condutor deve ser portador de um “documento legal de identificação pessoal”, entre outros documentos.
Esse documento pode ser, por exemplo, o passaporte.
Mas nada é indicado quanto à data de validade.”

A lei que regula o cartão do cidadão (Lei nº 7/2007, de 5 de Fevereiro) nada estipula quanto à hipótese de manter o cartão de cidadão caducado e não é fixada qualquer coima para tal conduta.
Está definido que o pedido de renovação deve ser feito dentro dos últimos 6 meses do prazo de validade.
Mas não existem sanções para o incumprimento, nem se exigem medidas adicionais para a substituição, como a apresentação de testemunhas.
Ainda assim, aconselhamos a substituir no prazo indicado.
Mas atenção, para proteger a titularidade do cartão do cidadão, estão previstas coimas para quem, por exemplo, encontrar um cartão de cidadão e não o devolver ou ainda, para quem o perder é não dê baixa do mesmo.
O seu cartão de cidadão não pode ficar retido por uma entidade pública ou privada, para conferirem a identidade.
Essa prática é punível com coima entre 250 e 750 euros.
Se encontrar o cartão de cidadão de outra pessoa deve, no prazo de 5 dias, entregá-lo ao serviço de recepção ou entidade policial.
Mantê-lo em seu poder é uma contra-ordenação punível com coima entre 50 e 100 euros.
Também no caso de mudar de residência, não alterar a morada no prazo de 30 dias pode valer uma multa de 50 a 100 euros.
Já se o seu cartão de cidadão for roubado, furtado, perdido ou destruído, e não apresentar um pedido de cancelamento nos 10 dias seguintes, arrisca a pagar uma coima entre 100 e 500 euros.
Quem tem um bilhete de identidade de validade vitalícia não é confrontado com a necessidade de renovar.
O documento é válido até à sua morte.
Fonte: jornaldotuga.com
Comentários

VEJA AS 9 COISAS QUE AS MULHERES PESQUISAM NO GOOGLE, MAS NÃO CONTAM PRA NINGUÉM

1. "Como sair bem na selfie" Hoje em dia muitas pessoas, principalmente as mulheres, ficam preocupadíssimas em saírem bem nas sel...


7189