Ele ficou perturbado quando viu o que a mulher meteu na cesta das compras... Mas depois...

Este homem ficou bastante perturbado quando reparou no que esta mulher estava a colocar no seu cesto… Mas depois… Passados 30 segundos, ela não queria acreditar na sua sorte… É realmente impressionante!
Heróis anónimos estão espalhados por todo lado, e tu podes deparar-te com um deles até mesmo num caixa de supermercado.
Um dia , o escritor alemão Dirk-Oliver Lange resolveu dar uma saidinha rápida para comprar um pacote de café.
Mas o destino fez com que essa actividade casual se transformasse num belo e inesquecível momento.
Ele postou a história do que aconteceu no seu Facebook: Este é o texto completo em português: ********************** Hoje no supermercado: Eu planeava apenas comprar um pouco de café, porque minhas reservas tinham acabado.

Quando cheguei à fila da caixa, uma mulher idosa estava à minha frente.
Ela era uma senhora bem vestida, mas a vida certamente já tinha deixado algumas marcas no seu rosto.
Os produtos que ela colocou na esteira deixavam claro que aquela mulher era uma pessoa sozinha.
Um pãozinho francês, um pacote de frios, um pacote de leite e uma barra de chocolate.
Na sua vez de pagar, a moça do caixa informou-a do valor da compra: 2,18 Euros.
Ao invés de buscar a carteira na bolsa, a senhora começou a catar moedas nos bolsos do seu casaco.
Neste ponto a empregada já estava claramente irritada, e os clientes na fila começaram a ficar impacientes.
Quando terminou de contar o dinheiro, a jovem na caixa disse: “ainda faltam 51 centavos”.
E a mulher respondeu: “Isto é tudo que tenho”.
“Então terá que deixar alguma coisa para trás” avisou a empregada.
A idosa olhou com tristeza para os produtos, e lutou por um momento com a decisão de qual deles não comprar, até que apontou para o chocolate.
Essa situação partiu-me o coração e eu decidi então avisar discretamente a menina da caixa que eu pagaria a conta.
Eu entreguei-lhe uma nota de 50 Euros, e instruí-a a dar o troco à senhora.
Felizmente, a empregada entendeu tudo de imediato, processou a compra, e devolveu à idosa o troco e as moedas, dizendo as palavras “muito obrigada, já está tudo certo”.
A fila inteira ficou mergulhada num silêncio sepulcral.
Era importante para mim fazer tudo discretamente.
Eu não queria dar o dinheiro nas mãos da senhora, para não a deixar constrangida.
Eu queria que ela pudesse ter a sensação de estar comprando por conta própria o que precisava, como ela já deve ter podido fazer um dia.
Com lágrimas nos olhos, a idosa olhou-me e disse: “Você é uma boa pessoa, será que eu poderia dar-lhe um abraço?”.
Eu repliquei: “Sim, eu adoraria”.
E então ela empacotou as compras e saiu do super-mercado, mas não sem antes me esperar do lado de fora.
Pela primeira vez desde que a vi na fila, ela sorriu, e depois agradeceu-me outra vez.
Como resposta, eu perguntei-lhe se ela me faria um favor.
Surpresa e confusa, ela disse: “O que poderia eu fazer por si?” “Eu peço-lhe que entre outra vez no super-mercado e compre os alimentos que desejar, desta maneira vai me deixar feliz”, eu expliquei.
Ela concordou com um gesto de cabeça, e eu desejei-lhe um bom dia.
Enquanto caminhava de volta para meu o apartamento, eu vi-a entrar outra vez na loja.
Que sentimento maravilhoso.
Ao chegar em casa, eu fiz meu amado café e pensei sobre este inesperado encontro.
Eu fiquei agradecido que o meu café tinha acabado.
Esta ida ao mercado acabou por se transformar em algo realmente positivo.
Muito obrigado senhora desconhecida, por ter me dado esta oportunidade.
Que dia maravilhoso! ********************** Na Alemanha, mais de meio milhão de pessoas emocionaram-se e sentiram-se inspiradas pela atitude deste homem.
As pequenas acções fazem toda a diferença.
Se também acreditas que actos generosos ajudam a construir um mundo melhor, então partilha esta história com todos os teus amigos! Partilha nas redes sociais!
Comentários

Sofia Ribeiro deixou uma mensagem comovente...

Sofia Ribeiro deixou uma mensagem comovente… Todas as pessoas deviam ler! “Gosto de gente que sabe ser sol mesmo...


240