Filho de português morto em Paris, fez homenagem emocionante ao seu pai...

O filho de Manuel Dias, que foi a única vítima mortal das explosões no Estádio de França no passado dia 13 de Novembro, fez uma homenagem a seu pai num programa televisivo.

“Chamavas-te Manuel Dias e eras meu pai.
Fascinado pelo futebol, contavas-me muitas vezes que [a paixão] começou no verão de 1966, na tua infância, que depois de uma hora de caminhada tinhas descoberto no pequeno ecrã preto e branco, num café da aldeia vizinha, um Portugal-Inglaterra que ia mudar a tua vida”, conta Michael no “Canal Plus”.
“Era um desporto que te fazia vibrar, que te emocionava, às vezes até te fazia chorar, ocupava-te a mente a todo o momento.

Conheceste horas de glória no Estádio de Reims.
Mesmo a perder por cinco, por dez, continuavas fiel, nas bancadas”, acrescenta.
“A selecção do teu Portugal era-te querida, mas a de França, o teu país de adoção, representava para ti um orgulho especial.
Para mim, tu eras o especialista de futebol.
Tinhas todos os canais, vias todos os jogos, todos os comentários…” “Transmitiste-me essa paixão e eu sofria contigo, em segredo, a cada derrota.
Mas isso era antes deste atentado absurdo a França, que te tirou a vida.
Agora acabou, já não haverá noitadas de futebol para nós os dois, nem de Skype para debater os grandes jogos.
Já não haverá tudo o que te animava, tudo o que nos juntava”, lamenta.
“É difícil para mim, é difícil para nós todos, mas tento me consolar com as homenagens que o teu Sporting fez, no sábado, assim como os jornais e as emissões desportivas.” “Tu partiste em frente a um estádio de futebol, o estádio da tua França.
Prefiro pensar que era este o teu destino”, conclui Michael.
Comentários

Ele coloca os ovos no forno, e depois… UAU! Quem me dera saber disto mais cedo!

Os ovos são um dos alimentos mais consumidos em todo o mundo. Em todas as regiões, em todas as culturas, há fantásticos pr...


15980